Como funciona a lipocavitação

A lipocavitação consiste em romper a membrana dos adipócitos (células de gordura), através de um ultrassom focado de alta intensidade. As ondas emitidas pelo ultrassom criam ciclos de compressão e descompressão na zona onde são aplicados.

Isso faz com que se criem bolhas de gás que crescem e implodem, destruindo a membrana da célula e liberando a gordura.

O ultrassom só atinge a célula gordurosa e preserva nervos e vasos sanguíneos

Indicação da lipocavitação

O tratamento da lipocavitação não visa emagrecer, e sim eliminar a gordura localizada no abdome, flancos, culote, braços e costas, numa mulher que esteja no seu peso adequado.

Vantagens da lipocavitação

A lipocavitação é uma técnica não invasiva, não utiliza agulhas, é indolor e a perda de medidas já é visível na 1ª sessão.

Número de sessões da lipocavitação

Em média são necessárias 6 a 8 sessões com intervalos semanais, a duração de cada sessão é de 60 minutos dependendo da região do corpo.

Após cada sessão é feita uma drenagem linfática na região tratada.

Cuidados ao fazer lipocavitação

Fazer nas primeiras 24 horas após cada sessão exercícios aeróbicas, por exemplo, esteira, para “queimar” a gordura que foi liberada.
Dieta com baixa ingestão de gorduras e carboidratos e não tomar bebida alcóolica para não sobrecarregar o fígado.
Tomar 1,5 litros de água por dia para ajudar a circulação e eliminar as gorduras pelas fezes e urina.
Não ingerir bebida alcoólica durante o tratamento.

Contraindicações da lipocavitação

Marca passo
Próteses metálicas no corpo
Pressão alta
Doenças renais
Doenças hepáticas
Níveis altos de triglicerídeos e colesterol
Obesidade
DIU
Doenças cardíacas

[contact-form-7 404 "Not Found"]