tratamento-para-estriasEstrias são cicatrizes provocadas pelo rompimento das fibras elásticas e colágenas e são ocasionadas por:

  • Ganho de peso excessivo, como o que pode ocorrer durante a gravidez
  • Estirão da puberdade (adolescência)
  • Desequilíbrio hormonal

O tratamento para estrias visa a renovação da pele e o aumento da produção de colágeno e elastina. Isso pode ser conseguido por três métodos:

Tratamento com de Estrias com MMP

MMP é um aparelho similar ao usado para se fazer tatuagem, pelo qual introduzimos substâncias ativas na pele.

Tal dispositivo é pequeno e funciona por meio de vibrações. Nele, é acoplado uma ponteira agulhada contendo medicações específicas, como ácido hialurônico, silício, vitamina C, que penetram nas superfícies da pele.

Essas substâncias, estimularão a formação de fibras colágenas e elásticas nas estrias.

Recomenda-se fazer 5 sessões com intervalo de 15 dias entre elas.

Subcisão

No caso das estrias serem muito grossas e antigas, o melhor tratamento é a subcisão que consiste em romper, com o bisturi, o processo fibrótico na estria, levando ao rompimento de vasinhos que irão estimular a formação de colágeno e elastina no local.